Como desligar o terminal negativo da bateria de um carro

 Terminal negativo da bateria de um carro

Sempre que forem realizados trabalhos de manutenção no motor ou nos componentes elétricos de um automóvel, é aconselhável que o terminal negativo da bateria seja desligado. Este passo é de extrema importância pois impede que o condutor sofra uma descarga elétrica. Saiba como desligar o terminal negativo da bateria de um carro e salvaguarde a sua segurança e integridade física.

Quais os materiais e as ferramentas necessárias

Para desligar o terminal negativo da bateria de um carro e para fazê-lo corretamente, é necessário reunir os utensílios seguintes:

  • Chave de soquetes
  • Óculos de proteção
  • Luvas de proteção

Como desligar na prática o terminal negativo da bateria de um carro

Desligar o terminal negativo da bateria de um carro é uma precaução de segurança que impede que o condutor sinta o poder que habitualmente circula num automóvel. O terminal negativo da bateria de um carro é representado pelo sinal “-“ e tem a coloração preta. Para o desligar corretamente, é necessário seguir os passos seguintes:

Desligar o motor do automóvel

Antes de realizar qualquer trabalho num automóvel, deve desligar o seu motor e retirar a chave da ignição. Este passo pode parecer elementar, mas por ser demasiado óbvio, é muitas vezes esquecido. Tenha em atenção que para a realização de qualquer intervenção mecânica, o veículo deve ficar estacionado num local espaçoso, nivelado e bem iluminado para que todos os trabalhos sejam efetuados com sucesso.

Localizar a bateria

Para localizar a bateria de um carro, é necessário abrir o capô do automóvel. Por norma, a maioria das baterias situam-se perto da frente do motor, no entanto, outras ficam na lateral. É de realçar que alguns veículos têm as baterias ligeiramente debaixo do motor do automóvel e, por isso, podem ser mais difíceis de encontrar.

Encontrar o terminal negativo da bateria

Depois de ter localizado a bateria do automóvel, deve procurar o seu terminal negativo, isto é, o cabo preto que lhe está anexado. Também vai encontrar o cabo vermelho ou azul, que é o terminal positivo e este nunca deve ser retirado. Os dois cabos estão ligados e presos à bateria com uma braçadeira de mola e esta é facilmente retirada. Nesta operação, deve utilizar uns óculos de proteção para proteger os seus olhos de qualquer vestígio ou sedimento e para zelar pela sua segurança.

Remover o terminal negativo da bateria

Por vezes, o cabo negativo está tão preso à bateria que a sua remoção não é assim tão fácil como possa parecer. Nessas situações, é necessário mexer o cabo de trás para a frente ou recorrer à ajuda de uma chave de soquetes para que a braçadeira liberte o respetivo terminal. Depois de solto, tenha muita atenção para que o cabo negativo não toque na bateria, pois o seu contacto pode reativar o sistema elétrico do carro. Como tal, deve manter o cabo negativo afastado da bateria, caso contrário, poderá sofrer as consequências de uma descarga elétrica. Utilize uma corda ou fita para o prender num outro local e para ter todas as condições de trabalho.

Reconectar o terminal negativo da bateria

Assim que terminar o trabalho mecânico que pretendia realizar no seu carro, é necessário reconectar o terminal negativo à bateria do automóvel. Basta inserir o cabo na devida posição e apertar a braçadeira que o segura. Em seguida, coloque a bateria no local de onde foi retirada e feche o capô do seu veículo.

Tenha em atenção que ao executar qualquer tipo de trabalho de manutenção e revisão num automóvel, a utilização de todo o equipamento de segurança, como os óculos e luvas de proteção, é fundamental para estar o mais protegido possível. Apesar do desligar do terminal negativo da bateria de um carro ser uma tarefa de fácil execução, as baterias contêm ácidos e estes podem causar consequências muito graves se não forem tomadas as devidas precauções de segurança.

 

Média: 4.3 (11 votos)
Pesquisa
Iniciar sessão
Votação
De que marca é o seu carro de sonho?:
Newsletter

Mantenha-se informado sobre as novidades do Amolgadelas!