Regras da condução defensiva

Prestar a máxima atenção
Tenha o máximo de atenção na condução e seja consciente.
Não confie em ninguém
Todos os outros condutores são propensos ao perigo e às asneiras na condução.
Em dúvida dê a passagem ao outro condutor
Ao ter dúvidas em quem tem a prioridade para circular, opte por dá-la ao outro condutor, pois pode acabar magoado ou morto.
Não aumente a velocidade
Mantenha sempre uma velocidade moderada, sem grandes correrias.
Não conduza debilitado
Se não se encontrar nas melhores condições para conduzir, não o faça.
Utilize o cinto de segurança
O cinto de segurança é a ferramenta mais eficaz na prevenção e protecção de um acidente automóvel.
Compre e utilize outros utensílios de segurança
Todos os aparelhos de segurança são fundamentais: cadeiras de criança; airbags e travões ABS.
Protecção máxima para os motociclistas
Os motociclistas devem proteger-se ao máximo: capacetes, joelheiras, braçadeiras e botas.
Não passe sinais vermelhos
Ao passar um sinal vermelho pode suceder-se uma colisão fatal.
Conduza com precisão
Ao conduzir com precisão vai fazê-lo como recomendam os manuais escolares e as suas falhas serão nulas.
Tenha calma na condução
Para conduzir de uma forma segura é necessário ter muita atitude e uma das principais é a calma que o indíviduo deve ter.
Mantenha uma visão ampla sobre a estrada
Ao ter um campo de visão alargado ficará em alerta constante para os perigos que possam surgir.
Crie um espaço de segurança e utilize a regra dos dois segundos
Quando fixa um ponto em que o carro que está à sua frente passa e você demora dois segundos a lá chegar.
Seja um condutor comunicativo
Não é necessário abrir o vidro para falar com outros condutores. Basta sinalizar bem todas as suas manobras.
Conduza de uma forma previsível
Ao ser previsível vai contribuir para o bom ambiente rodoviário.
Sinalize sempre as suas intenções
Sempre que mude de direcção, ou execute alguma manobra sinalize-a.
Reconheça os seus pontos cegos
Existem pontos no seu automóvel que não lhe dão uma total visibilidade. Confirme sempre através dos retrovisores.
Evite as distracções
Seja concentrado na condução.
Evite fazer marcha-atrás na condução
Ao fazer marcha-atrás o risco de uma colisão é constante.
Tenha cuidado nos cruzamentos e intersecções
As intersecções ou cruzamentos são os locais mais perigosos na condução.
Seja utilizador da Via Verde.
Depende sempre da sua localização. Mas se tem que viajar entre cidades, utilize a Via Verde.
Saiba como travar
Ao ver que o sinal está amarelo, não aumente a velocidade para tentar passar. Reduza e trave com tranquilidade.
Saiba como usar as luzes
Não utilize as luzes desnecessariamente, pois poderá provocar encandeamento.
Abrande em tempo de neve ou chuva
Quando as condições climatéricas não são favoráveis, redobre a sua atenção.
Mantenha a pressão dos pneus do seu veículo
O bom estado do seu veículo garante uma melhor condução. Tenha em atenção a componente mecânica do seu carro.
Cuide do seu automóvel
Cuide do seu automóvel para não ter surpresas desagradáveis. A máquina precisa de ser constantemente afinada e vigiada.
Livre-se dos condutores que conduzem colados a si
É um dos factores mais apontados nas colisões. Não se cole ao veículo da sua frente nem se deixe colar pelo veículo que segue atrás. É preferível deixá-lo passar.
Mantenha um ritmo constante
Uma das causas de acidentes é o facto de um condutor andar sempre a saltitar de faixa em faixa. Mantenha-se numa faixa e siga a sua direcção.
Tenha cuidado com a aquaplanagem
Quando um veículo passa por um lençol de água, pode existir o risco de aquaplanagem. Tenha cuidado, pois os pneus podem perder o contato com o piso.
Saiba como recuperar de uma derrapagem
Conduza de uma forma tranquila de forma a evitar as derrapagens.
Evite colisões frontais
Os acidentes mais graves resultam do choque frontal.
Seja um trauseunte seguro
O contributo dos pedestres também é fundamental para uma condução perfeita e defensiva.
Evite colisões individuais
Para o conseguir tem de ser uma pessoa mais concentrada e alerta na condução.
Lide com o clarão das luzes
Uma das formas de os evitar é não olhar directamente para eles, mas concentre-se no que está a fazer e não mude a direcção do seu veículo.
Nunca compita com um comboio
Numa passagem de nível sem guarda existe sempre a tentação de passar antes que o comboio. Não faça como nos filmes, na realidade pode ser mortal.
Tenha cuidado com os carros de marcha lenta
Isso poderá querer dizer que o veículo está com algum problema, seja cuidadoso.
Evite atropelar animais
Reduza a velocidade e deixe o animal desocupar a estrada.
Não impeça os outros de o ultrapassar
A ultrapassagem perigosa depende de quem a faz. Mantenha a sua rota e siga o seu caminho.
Guie a sua carrinha em segurança
Adapte-se às características de uma carrinha, é muito diferente de um carro normal.
Seja um ciclista prudente
Tenha sempre em atenção os equipamentos de segurança: o capacete, as joelheiras e braçadeiras. Por ser uma bicicleta não quer dizer que o perigo seja menor.
Partilhe a estrada com os ciclistas
Os ciclistas fazem parte do sistema rodoviário, partilhe e respeite a estrada com eles.
Pratique a cortesia e a prudência
São os condimentos para a boa condução.
Reconheça a futilidade da pressa
A pressa nunca foi boa conselheira e na condução muito menos. Seja ponderado e respeitador.
Reconheça as suas limitações físicas
Reconheça as suas insuficiências, pois, assim fortalece os seus pontos fracos.
Tenha um bom período de descanso
O descanso é um dos maiores segredos para a boa condução.
Partilhe a estrada com os camiões
Os camiões, pelas suas características físicas, ocupam toda a faixa de rodagem. Seja compreensivo, porque afinal é o trabalho deles.
Dê espaço aos veículos parados na estrada
Um veículo que se encontra parado na estrada, sem qualquer motivo aparente, é significado de avaria ou anomalia mecânica. Não se aproxime demasiado.
Dê a passagem numa estrada estreita de montanha
Quando se encontrar numa faixa de rodagem reduzida e vai atrás de um veículo de marcha lenta, não faça ultrapassagens perigosas, mantenha-se calmo e paciente.
Faça mudanças de direcção seguras
Quando mudar de direcção olhe uma, duas ou três vezes para se certificar que pode avançar.
Conecte a sua mente com os seus olhos
Não conduza com a cabeça no mundo da lua. Se está a conduzir, sintonize o seu pensamento com o que está a fazer.
Estabeleça paragens defensivas
Faça paragens suaves de modo a não surpreender quem segue atrás de si.
Abrande ao chegar aos cruzamentos e intersecções
Deve sempre reduzir a velocidade antes de um cruzamento ou de uma intersecção, assim será um condutor cauteloso.
Tenha cuidado com as brechas que podem existir no trânsito.
Os condutores quando estão numa fila de trânsito ficam impacientes. Portanto, preveja as manobras perigosas que possam advir dos outros condutores.
Ao mudar de direcção certifique-se duas vezes
Só assim consegue mudar de direcção com segurança.
Evite mudar de faixa nas intersecções ou cruzamentos
Mantenha-se fiel à sua rota, pois assim será previsível e visível.
Não abuse ao saltar de faixa em faixa
Ao saltar de faixa em faixa será como que um veículo desgovernado. Adopte uma posição séria e respeitadora na condução.
Evite as faixas de rodagem que estão fechadas
Se existe a indicação que a faixa está cortada, não a utilize para ultrapassar uma série de automóveis, não é uma atitude cívica.
Ao mudar de direcção à direita, siga na faixa o mais à direita possível
Esta é uma regra universal em todos os manuais de condução.
Tenha cuidado com os veículos parados nas passadeiras
Ao ver um veículo parado numa passadeira, pare também, pois podem estar a passar peões e, naquele momento, pode não os estar a ver.
Utilize a faixa central por segurança
Se o seu destino for seguir em frente e está a aproximar-se de uma saída, opte sempre pela faixa central.
Nunca pare numa auto-estrada
É uma das regras do código da estrada.
Não mude de direcção na auto-estrada
Esta é uma manobra muito vista nos filmes de Hollywood, onde um indíviduo, em fuga, ziguezagueia na auto-estrada, seja em que direcção for. Na realidade nunca o faça.
Os cintos de segurança e os airbags actuam em conjunto
Estão os dois desenhados para actuarem em conjunto num caso de acidente.
No caso de ter um acidente, proteja sempre a sua cabeça
É o processador central. Uma pancada forte com a cabeça pode trazer estragos irreparáveis.
Não viaje nas traseiras de um carrinha pick-up
Não viaje nas traseiras de uma carrinha pick-up, além de desconfortável é de uma insegurança tremenda.
Não viaje com objectos soltos ou desprendidos
Num acidente tudo o que não está preso, pode virar-se como uma arma contra os seus ocupantes.
Mantenha as crianças em segurança no centro do banco de trás
As crianças são as pessoas mais frágeis pela sua desenvoltura e estrutura óssea. Como tal, por segurança, devem ficar no centro do banco de trás, pois num acidente estão mais "protegidas".
Não bombeie os travões ABS
Se se bombear o travão, o ABS liga-se e desliga-se e a distância de travagem aumenta.
Estabeleça uma rota segura
Planeando uma rota é uma forma de estar à frente dos acontecimentos, pois assim está a antecipar-se aos problemas, reduzindo ou eliminando os riscos.
Siga este ideário
A melhor forma de praticar uma condução defensiva é seguir estas dicas e sugestões, pois assim reunirá todas as ferramentas para uma condução perfeita.
Média: 4.7 (7 votos)
Pesquisa
Iniciar sessão
Votação
Quando comprou o seu atual carro, ele era:
Novo
23%
Semi-novo
27%
Usado
50%
Votos totais: 182
Newsletter

Mantenha-se informado sobre as novidades do Amolgadelas!