10 causas mais comuns de problemas na pintura do carro

Title

10 causas mais comuns de problemas na pintura do carro

As tintas que hoje são utilizadas na pintura dos automóveis são produzidas a partir das tecnologias mais modernas e avançadas e têm a missão de proteger o desgaste natural de um veículo. Conheça quais são as causas mais comuns de problemas na pintura do carro e mantenha sempre a sua viatura com um ótimo aspeto.

Para que a pintura do seu automóvel se mantenha em ótimas condições de apresentação o máximo de tempo possível, é necessário conhecer as causas mais comuns de problemas que afetam a pintura de um carro. São elas:

As flutuações de temperatura

Quando o seu automóvel está constantemente exposto às flutuações de temperatura, a tinta vai-se expandir e contrair de acordo com as mudanças climatéricas ocorridas. Com o tempo, este acontecimento vai fazer com que surjam pequenas fendas e aberturas que permitirão a infiltração da humidade, sal e outros produtos químicos e estes serão responsáveis pelo aparecimento da ferrugem e pela rápida deterioração da tinta.

A graxa dos sapatos e o creme de barbear

Estes dois itens são normalmente utilizados para escrever mensagens ou gravar desenhos decorativos na janela de um carro, como por exemplo quando existe um casamento de alguém conhecido. Porém, se a graxa dos sapatos ou o creme de barbear entrar em contacto com a pintura do veículo, os resultados poderão ser catastróficos, uma vez que daí podem resultar marcas permanentes para o automóvel.

A proximidade de uma área de construção

Deve evitar deixar o carro nas proximidades de uma área de construção, pois, nestes locais, existe uma alta concentração de poeira e há também o risco de cair cimento molhado no seu automóvel. Se isto acontecer e se o cimento secar no seu veículo, os danos serão irreversíveis, uma vez que vão ficar marcas na pintura da viatura quando o cimento for raspado.

Os ovos e os excrementos dos pássaros

Os ovos e os excrementos dos pássaros podem ser bastante prejudiciais para a pintura do seu automóvel. Eles contêm determinadas substâncias químicas que corroem a pintura e expõem as camadas subjacentes. Dessa forma, é importante retirar os ovos e excrementos dos pássaros assim que eles tiverem ocorrido para que a pintura não seja afetada.

A gasolina e o óleo dos travões

Os líquidos que são provenientes de outras partes do carro, como por exemplo a gasolina e o óleo dos travões, devem ser mantidos à distância da pintura do automóvel. Se qualquer um dos dois entrar em contacto com a pintura, esta começará a secar e a ficar descascada.

Os objetos afiados

Os objetos afiados, como as chaves, lâminas de barbear, tesouras, moedas e facas provocam sérios estragos na pintura de um carro. Estes objetos são frequentemente utilizados por vândalos em carros que são deixados sem qualquer tipo de supervisão durante longos períodos de tempo.

As pedras e as rochas

Os carros que são conduzidos nas autoestradas e nas estradas inacabadas estão sujeitos a danos causados por pequenas pedras e rochas. Esta situação acontece devido à velocidade a que os automóveis transitam, fazendo com que as pequenas pedras ou rochas saltem e abram lascas na superfície dos veículos, contribuindo assim para a degeneração da sua pintura.

Os limpadores genéricos e abrasivos

Quando está a lavar um automóvel , é importante que evite a utilização de limpadores genéricos, como o sabão e o detergente. Deve manter-se fiel aos produtos de alta qualidade para uma limpeza correta do veículo. Tenha em atenção que não deve utilizar produtos de limpeza ásperos ou abrasivos para limpar o carro, uma vez que estes vão tirar o brilho e o requinte à pintura da viatura.

A humidade

Depois de limpar o automóvel, é fundamental que passe um pano limpo e macio para o secar corretamente, com o objetivo de retirar toda a sua humidade. Ao fazê-lo, conseguirá remover todas as manchas de água e estará a proteger a pintura do carro da humidade acumulada.

A utilização de panos sujos

A utilização de panos sujos é uma das causas mais comuns de problemas que afetam a pintura de um automóvel. As partículas de lixo que eventualmente se encontrem num pano sujo, podem fazer arranhões na superfície de uma viatura e isso é suficiente para ficarem marcas permanentes. Por outro lado, também deve evitar esfregar a sujidade do automóvel com um pano seco, uma vez que isso vai causar atrito e danos graves na pintura de um carro.

artigos relacionados

Amolgadelas

O mundo dos superdesportivos está reservado a...

Amolgadelas

À medida que o tempo vai avançando vão surgindo novos...

Amolgadelas

Se já constituiu família e está na altura de abandonar o...

Amolgadelas

Após um longo período em que a criatividade das marcas...

Amolgadelas

Quando se pensa em seguro automóvel lembramo-nos logo...

Amolgadelas

O sistema de alerta de ângulo morto foi inventado pela...

Amolgadelas

Ter um acidente automóvel não é seguramente algo pelo...

Amolgadelas

Ao longo dos tempos sempre foram aparecendo mitos e...

Amolgadelas

Quando temos um carro existem alguns pontos que devemos...

Amolgadelas

Existem muitas dúvidas quando se fala da garantia de um...