5 Aspetos a ter em conta na compra de um carro usado a gasóleo

Carro usado

Title

5 Aspetos a ter em conta na compra de um carro usado a gasóleo

Se pretende comprar um automóvel usado, saiba que a compra de um carro a gasóleo pode ser uma hipótese económica e vantajosa. Conheça quais são os 5 aspetos a ter em conta na compra de um carro usado a gasóleo e acerte em cheio na compra do seu novo veículo.

A compra de um automóvel a gasóleo é normalmente mais cara que a compra de um carro a gasolina. Contudo, esse investimento é recuperável a longo prazo, uma vez que o preço do gasóleo é mais barato que o preço da gasolina e, em termos de consumo de combustível, os carros a diesel (automóveis que funcionam a gasóleo) são mais eficientes. Posto isto, na compra de um automóvel a gasóleo existem determinados parâmetros de avaliação que um condutor deve adotar para escolher o melhor dos carros. São eles:

  1. Um motor regular. Na compra de um automóvel usado a gasóleo, um dos aspetos mais importantes a ter em conta é o estado em que o motor do veículo se encontra. Um motor a diesel tem um funcionamento diferente de um motor a gasolina. Dessa forma, independentemente do local onde vá comprar o veículo (concessionário automóvel ou vendedor particular), o condutor deve realizar sempre um teste de condução (test drive) com o carro para ver em que estado se encontra o respetivo motor. Ao realizar esta prova, deve estar atento ao trabalhar do motor (os motores a diesel têm um roncar mecânico e apresentam um som uniforme e regular) e deve observar o seu comportamento em trajetos acidentados. Se o trabalhar do motor for consistente ao longo do teste, isso significa que o automóvel tem um bom “coração”, isto é, um bom motor.
  2. A emissão de gases. A condução de um automobilista é um dos fatores que condiciona o consumo de combustível e a emissão de gases poluentes para a atmosfera. Os próprios automóveis diferem entre eles no que diz respeito à emissão de dióxido de carbono para o ar, uma vez que os carros a diesel emitem mais gases do que os veículos movidos a gasolina. Contudo, o facto de emitirem mais gases não quer dizer necessariamente que larguem uma nuvem de fumo preto. O condutor deve ter particular atenção ao fumo que sai do cano de escape do carro, pois, se o fumo for muito negro, isso poderá significar que o catalisador não está a funcionar corretamente, ou o filtro do combustível está cheio de impurezas e é necessário substituí-lo.
  3. A aparência exterior do veículo. Além da idade de um automóvel, o seu exterior diz muito sobre a forma como o veículo é ou foi tratado. Se o carro se apresenta limpo, brilhante e sem vestígios de desgaste, isso significa que o seu proprietário era uma pessoa protetora em relação ao seu veículo e, provavelmente, a parte mecânica encontra-se impecável.

    Por outro lado, o automóvel poderá apresentar claros sinais de desgaste e aqui o condutor deve ter imenso cuidado para obter uma boa compra. Para fazer um bom negócio verifique se o carro usado não tem vestígios de ferrugem, qualquer tipo de arranhão nos vidros ou amolgadela na pintura, pois, o automóvel poderá ter sido retocado para parecer melhor  do que aquilo que é.
  4. O interior do veículo. No momento de comprar um automóvel usado, é muito importante a análise que o comprador faz do interior do veículo. Deve observar em que estado se encontra o teto e os estofos do automóvel. Se o dono anterior tiver sido fumador é possível que existam buracos nos estofos e que o teto tenha uma cor mais encardida devido ao fumo do cigarro e isso poderá ser um fator a ter em conta para negociar outro preço para o veículo.

    Por outro lado, é aconselhável que verifique o funcionamento do ar condicionado, dos assentos e de toda a componente elétrica do automóvel para ver se está tudo em perfeitas condições de utilização. Deve, inclusive, colocar o ar condicionado em funcionamento para ver se o mesmo apresenta algum mau cheiro. A existência de maus odores no ar condicionado é sinal de que existem fungos e micro-organismos dentro do próprio ar condicionado e estas bactérias prejudicam a saúde de todos os ocupantes.
  5. O número de quilómetros do automóvel. Um dos aspetos mais importantes na compra de um carro usado a gasóleo é o número de quilómetros que o carro ostenta, pois determina o andamento que um determinado automóvel tem. Neste sentido, o condutor deve verificar o ano de fabrico de um veículo e o número de quilómetros que este apresenta. A melhor forma de um condutor rentabilizar o seu investimento é encontrar um automóvel que tenha poucos quilómetros, no entanto, deve ter em atenção se o proprietário não alterou o conta-quilómetros.

artigos relacionados

Amolgadelas

O mundo dos superdesportivos está reservado a...

Amolgadelas

À medida que o tempo vai avançando vão surgindo novos...

Amolgadelas

Se já constituiu família e está na altura de abandonar o...

Amolgadelas

Após um longo período em que a criatividade das marcas...

Amolgadelas

Quando se pensa em seguro automóvel lembramo-nos logo...

Amolgadelas

O sistema de alerta de ângulo morto foi inventado pela...

Amolgadelas

Ter um acidente automóvel não é seguramente algo pelo...

Amolgadelas

Ao longo dos tempos sempre foram aparecendo mitos e...

Amolgadelas

Quando temos um carro existem alguns pontos que devemos...

Amolgadelas

Existem muitas dúvidas quando se fala da garantia de um...