Error message

  • Não foi possível criar o ficheiro.
  • Não foi possível criar o ficheiro.

Como fazer durar os pneus do carro

Title

Como fazer durar os pneus do carro

Os pneus de um carro são o elo de ligação entre o condutor e o asfalto e isso faz com que os pneus sejam um dos aspetos mais importantes para o desempenho de um veículo na estrada. Saiba o que deve fazer para que os pneus da sua viatura durem o máximo de tempo possível, pois assim usufruirá do máximo conforto e segurança e retirará com isso um maior prazer das suas viagens de automóvel.

Para que os pneus de um automóvel tenham uma maior longevidade existem determinados pormenores que um condutor deve ter em consideração. São eles:

A calibragem dos pneus:

Deve verificar a pressão de ar dos pneus do seu automóvel uma vez por mês e, especialmente, antes de fazer uma grande viagem ou antes de um percurso que envolva grandes velocidades. A pressão de ar de um pneu deve ser verificada quando os pneus estão frios, ou quando o automóvel não percorreu uma distância superior a três quilómetros, caso contrário o sobreaquecimento dos pneus não permite mostrar quais as suas medidas reais. É também de extrema importância que um condutor não se esqueça de verificar as pressões do pneu suplente, pois ele pode ser utilizado quando menos se está à espera.

A pressão correta dos pneus está relacionada com a manuseabilidade do automóvel, desgaste das peças automóveis e consumo de combustível. Ao verificar a pressão dos pneus do carro, está a olhar pelo bem-estar do automóvel e, também, das suas finanças, porque as consequências de os pneus não estarem calibrados conduz ao desgaste e substituição de peças.

A substituição das válvulas dos pneus:

As válvulas dos pneus devem ser substituídas em conjunto com os pneus. A válvula assegura a estanquicidade e contribui para a longevidade dos pneus, porém deteriora-se sob o efeito da força centrífuga de que os pneus são alvo. Para que o desempenho do automóvel não seja afetado, as válvulas dos pneus e os pneus devem ser substituídos a cada 8.000 quilómetros.

A equilibragem:

A equilibragem é um elemento fundamental para suprir as vibrações do automóvel. Assim sendo, as rodas precisam de ser equilibradas com pequenos pesos para evitar o desgaste prematuro dos pneus, dos órgãos de suspensão, direção e dos rolamentos.

O alinhamento:

Para verificar o alinhamento de um veículo, o condutor deve manter a marcha do seu veículo em linha reta, num piso plano. Se o automóvel começar a deslizar para um dos lados, as rodas estão desalinhadas e isso pode causar um desgaste desigual dos pneus, que, por sua vez, afetará a segurança e a manuseabilidade do veículo.

A profundidade do relevo dos pneus:

A profundidade do relevo dos pneus é também um fator de extrema importância na segurança de um automóvel na estrada. O relevo da maioria dos pneus atuais foi concebido para escoar a água. Se o relevo dos pneus não se encontra de acordo com os limites legais (1.6 milímetros), isto é, se estiverem “rompidos” ou “carecas”, os pneus perdem a sua eficácia, podendo até dar origem ao aquaplaning ou hidroplanagem. Independentemente da qualidade dos travões e amortecedores, se os pneus estiverem desgastados e isso significa que maior será a possibilidade de existir um acidente.

artigos relacionados

Amolgadelas

O mundo dos superdesportivos está reservado a...

Amolgadelas

À medida que o tempo vai avançando vão surgindo novos...

Amolgadelas

Se já constituiu família e está na altura de abandonar o...

Amolgadelas

Após um longo período em que a criatividade das marcas...

Amolgadelas

Quando se pensa em seguro automóvel lembramo-nos logo...

Amolgadelas

O sistema de alerta de ângulo morto foi inventado pela...

Amolgadelas

Ter um acidente automóvel não é seguramente algo pelo...

Amolgadelas

Ao longo dos tempos sempre foram aparecendo mitos e...

Amolgadelas

Quando temos um carro existem alguns pontos que devemos...

Amolgadelas

Existem muitas dúvidas quando se fala da garantia de um...